Formação profissional

 

Doutorado

 

Mestrado

 

Publicações

 

Áreas de interesse

 

Poesias

 

Links

 

Voltar a página principal

 

 

Assim

 

 

 

Assim...

 

suave, como a brisa ao entardecer

 

encantador, como o por do sol

 

sereno, como o orvalho das manhãs

 

apaixonante, como uma noite de luar

 

atraente, como o gelo das madrugadas

 

impressionante, como o perfume de uma flor

 

eloqüente, como o canto dos pássaros

 

doce, como o mel

 

desejável, como o gosto da cereja

 

assassino, como um disparo no coração

 

inesquecível, como o calor de uma brasa viva

 

incomparável, como o céu de abril

 

Assim é o teu beijo, guria!

 

 

Telmo

Sampa, 08/04/2000.