Edifício Woolworth

 

Vista do Edíficio
Vista do Edifício
site: Great Buildings

     

 

      Em 1885 William Le Baron Jenney construiu o Edifício Home Insurance, dito como o primeiro arranha-céu do mundo. Era a primeira vez que um edifício de grande altura tinha, tanto suas lajes internas, quanto as paredes externas, suportadas por uma forte estrutura metálica.

      Neste sentido de inovações, o edifício projetado por Jenney fez uso de uma série de novas tecnologias e materiais disponíveis. Entre eles: elevadores,  estrutura a prova de fogo, o que tornou a estrutura segura e a eletricidade que atendeu às necessidades dos escritórios que ali se instalariam.

     

 

Em 1885 William Le Baron Jenney construiu o Edifício Home Insurance, dito como o primeiro arranha-céu do mundo. Era a primeira vez que um edifício de grande altura tinha, tanto suas lajes internas, quanto as paredes externas, suportadas por uma forte estrutura metálica.

      Neste sentido de inovações, o edifício projetado por Jenney fez uso de uma série de novas tecnologias e materiais disponíveis. Entre eles: elevadores,  estrutura a prova de fogo, o que tornou a estrutura segura e a eletricidade que atendeu às necessidades dos escritórios que ali se instalariam.

Vista noturna do Edíficio
Vista noturna do Edifício
site: Woolworth Building

    

     

 

Detalhe do teto
Detalhe do teto

Detalhe do teto
Detalhe de teto

Abóbadas
Abóbadas

Portal
Portal de entrada

Detalhes do Edifício
site: Images of the Woolworth Building

     

 

      Em 1885 William Le Baron Jenney construiu o Edifício Home Insurance, dito como o primeiro arranha-céu do mundo. Era a primeira vez que um edifício de grande altura tinha, tanto suas lajes internas, quanto as paredes externas, suportadas por uma forte estrutura metálica.

      Neste sentido de inovações, o edifício projetado por Jenney fez uso de uma série de novas tecnologias e materiais disponíveis. Entre eles: elevadores,  estrutura a prova de fogo, o que tornou a estrutura segura e a eletricidade que atendeu às necessidades dos escritórios que ali se instalariam.

     

 

 

Em 1885 William Le Baron Jenney construiu o Edifício Home Insurance, dito como o primeiro arranha-céu do mundo. Era a primeira vez que um edifício de grande altura tinha, tanto suas lajes internas, quanto as paredes externas, suportadas por uma forte estrutura metálica.

      Neste sentido de inovações, o edifício projetado por Jenney fez uso de uma série de novas tecnologias e materiais disponíveis. Entre eles: elevadores,  estrutura a prova de fogo, o que tornou a estrutura segura e a eletricidade que atendeu às necessidades dos escritórios que ali se instalariam.

Detalhe do ornamento
Detalhe do ornamento

Detalhe do ornamento
Detalhe do ornamento

Vista do Edifício
Vista do edifício

Vista do edifício
Vista do edifício

Detalhes do Edifício
site: Images of the Woolworth Building

 

Neste sentido de inovações, o edifício projetado por Jenney fez uso de uma série de novas tecnologias e materiais disponíveis. Entre eles: elevadores,  estrutura a prova de fogo, o que tornou a estrutura segura e a eletricidade que atendeu às necessidades dos escritórios que ali se instalariam.

 

 

Ficha Técnica

Nome Woolworth Building
Sistema Estrutural Estrutura reticulada metálica e terra-cotta
Função Edifício comercial
Localização Manhattan, Nova Iorque, Estados Unidos
Época da construção 1913
Projeto Cass Gilbert
Execução
Dimensões Altura:    241 m (57pavimentos)
Material Estrutura: Aço / Fechamento: Alvenaria e Terra cotta