Ponte de Estreito de Menai

 

Ponte sobre o estreito de Menai
Vista da Ponte
Brown, D. J., Bridges, Mitchell Beazley, London, 1996.

      Uma ponte era extremamente necessária na região do Estreito de Menai. A ligação entre o continente galês e a ilha de Anglesey, principalmente devido ao grande tráfego entre a ilha e o porto de Holyhead, se fazia urgente e, desde 1779 muitas propostas surgiam.

     

 

      Uma proposta se destacou frente às demais. Thomas Telford desenvolveu um projeto bastante ambicioso no qual a barreira imposta pelo Estreito seria vencida por uma ponte suspensa.

Ponte sobre o estreito de Menai
Localização da Ponte
site: Multimap

 

     Um dos requisitos básicos do projeto era a necessidade de um espaço livre embaixo da ponte, com aproximadamente 31m possibilitando a passagem de grande navios movidos pela força do vento. Foi, voltado exatamente para esse requisito, que Telford optou pela construção de uma ponte suspensa. Segundo o projeto a ponte totalizaria 450 m sendo assim formada por três grandes arcos no lado do continente, por quatro grande arcos no lado da ilha e, entre os mesmos, cobrindo o vão central, um tabuleiro (com aproximadamente 180 m) suspenso por 16 correntes.

Ponte sobre o estreito de Menai
Vista da Ponte
site: Menai Strait Bridges

      A construção de pontes suspensas ainda engatinhava pelo mundo e Telford recebeu muitas críticas devido a grande escala da suspensão, nunca antes feita. Mesmo as obras de construção da pontes tiveram seu início em 1819. O calcário para a construção dos arcos e grandes pilares eram vindo de Penmo e o ferro vinham de fundições da região de Shrewsbury. Para prevenir o ataque da ferrugem sobre ferro utilizado na ponte, o mesmo, entre sua fabricação e o uso emprego na ponte, era mergulhado em óleo de linhaça.

      Em 1824 foi iniciada a construção das grandes torres que suportariam o tabuleiro central. Um superestrutura em calcário foi sendo erguida e, propositadamente, grandes vazios foram deixados dentro das mesmas. Esses vazios seriam, posteriormente a execução da ancoragem, preenchidos com entulhos e pedras, conferindo-lhes maior estabilidade.

Ponte sobre o estreito de Menai
Vista da Ponte
site: Structurae

Esquema de ancoragem
Esquema de ancoragem - acertar!!!

   White Knight says to Alice,
'I heard him then, for I had just completed my design.
To keep the Menai Bridge from rust.
By boiling it in wine.'

Lewis Carrol, Through the Looking Glass

      Finalizadas as torres, a próxima etapa foi caracterizada pela preocupação com a ancoragem . Nesse intuito foram escavadas grandes cavernas unindo o subsolo entre as torres e o continente ou a ilha. Nesses grandes vãos foram colocadas armações de ferro fundido maciço, buscando gerar a ancoragem necessária. Com a conclusão da ancoragem o que restava era a execução do vão central.

 

      No dia 24 de abril de 1825 o tabuleiro central que flutuava sobre o rio foi manobrado e atracado entre as duas torres. A manobra foi assistida por milhares de pessoas localizadas na costas e em barcos sobre o rio. Fazia-se necessária agora a suspensão das 16 correntes que suportarias o grande tabuleiro. Um sinal, 150 trabalhadores iniciaram a elevação da primeira corrente de 23,5 t. Cuidadosamente foi levantada e colocada em sua devida posição em pouco mais de 95 minutos. Em 9 de julho as 15 correntes remanescentes já estavam devidamente colocadas sem nenhum contratempo. Em seguida o tabuleiro suspenso e assim iniciou-se a construção da estrada, a qual foi inaugurada em 30 de janeiro de 1826.

 

Detalhe da corrente
Vista aproximada de um dos 16 conjuntos de correntes
Fonte!

Detalhe da corrente
Vista aproximada do junta das correntes, duas para cada um dos lados e uma para a suspensão
Fonte!

Detalhe da corrente
Vista  dos conjuntos de correntes
Fonte!

Detalhe da corrente
Vista  dos conjuntos de correntes - interna da ponte
Fonte!

 

      O projeto de Telford foi perfeito exceto por um fator: a resistência a forçado vento pelos tabuleiros. Em 1839, mesmo após a adição de correntes de suporte na transversal da ponte, uma severa tempestade causou danos, muitas das correntes foram rompidas e o tabuleiro foi afundado. O tabuleiro e as outras partes da ponte destruídas foram completamente reconstruídas. O mesmo ocorreu em 1892 e entre 1938 e 1941,justamente quando se optou pela substituição do ferro por aço, o que podemos ver nos dias de hoje.

 

Ficha Técnica

Nome Ponte do Estreito de Menai
Sistema Estrutural Ponte pênsil
Função Ponte rodoviária
Localização Sobre o Estreito de Menai, próximo a Bangor, Grã-Bretanha
Época da construção 1818 - 1826
Projeto Thomas Telford
Execução  
Dimensões Comprimento Total:                                 521 m

Vão Central:                                               177 m

Altura do tabuleiro (sobre a água):   30 m

Altura das torres:                                       46,6 m

Material Ferro forjado