Porta all'Arco

 

arco.jpg (14976 bytes)

http://freeweb.aspide.it/freeweb/ roann/ARCO.html

     A maior contribuição dos romanos à engenharia de estruturas foi a utilização dos arcos, abóbodas e cúpulas. Nesses sistemas, os elementos são apenas submetidos a forças de compressão, e por isso são tão adequados a construções realizadas com materiais pouco resistentes à tração, como as alvenarias de pedra e estruturas de concreto largamente utilizadas pelos romanos.

     No entanto, apesar dos romanos terem difundido  a utilização dos arcos e criado estruturas magníficas,  os arcos não foram inventados por eles. Alguns arcos e abóbodas são encontrados em civilizações muito mais antigas, como a egípicia. Essas civilizações não perceberam as grandes qualidades desse sistema estrutural, e só utilizaram-no em construções menores. Os etruscos foram os primeiros a utilizá-los em grandes estruturas; os romanos, que eram seus vizinhos e que acabaram por dominá-los, tendo tido contato com os arcos etruscos, perceberam o seu grande potencial estrutural e o desenvolveram extraordinariamente.

      A Porta all'Arco (ao lado) é um dos mais importantes arcos etruscos hoje remanescentes. E, por isso, é um importante marco na história da evolução das estruturas, por configurar o nascimento de um importantíssimo sistema estrutural.

 

Ficha Técnica

Nome Porta all'Arco
Sistema Estrutural Arco
Função Portão da cidade
Localização Volterra, Toscana, Itália
Época da construção Século V a.C.
Projeto Autor desconhecido
Execução Etruscos
Dimensões Largura: 4 m
Material Alvenaria de tufo, uma rocha calcárea com grandes poros

 

    Imagens da Porta all'Arco e da cidade de Volterra:

portaarco.jpg (10298 bytes)                     volterra.jpg (11723 bytes)

http://www.comune.volterra.pi.it/ english/cittait/murport.html

 

volt.jpg (15780 bytes)                  aer.jpg (12681 bytes)

http://www.volterratur.it/valdicec/volterra/volterra_eng.htm