Torre CN

http://www.toronto.com/profile/147417/

    

             www.skyscrapers.com

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

     

     O Canadian National Tower foi construído com o propósito de melhorar os sinais de canais de televisão, conseqüentemente, as imagens mostradas aos telespectadores. Hoje em dia ela representa muito mais que isso, é o símbolo de Toronto, a maior estrutura auto-portante do mundo e é visitada por mais de 2 milhões de pessoas por ano.

     A torre foi construída pela Companhia Canadense de estrada de ferro(Canadian National Raiways) e custou aproximadamente US$57 milhões.

     Logo abaixo, pode-se ver, em ordem decrescente, as maiores estruturas auto-portantes do mundo.

Estrutura Ano de construção Altura(m)
Torre CN 1976 553
Torre Ostankino 1967 533
Torre Sears 1974 443
Empire State 1931 381
Torre Eiffel 1889 300
Pirâmide de Queops 2551 a.C. 137

Do ponto de vista estrutural, pode-se dividir a torre em três partes:

    BASE

The builders- Marvels of engineering, National Geographic Society, 1992, p.108

 

 

     

     A base da estrutura tem como seção transversal um formato de Y. A base, que possui três “pernas” semelhantes e ocas nas extremidades, sustentam o peso de 130.000 toneladas da torre. Na junção das pernas, três compartimentos albergam dois elevadores e uma escada de 2570 degraus

  

     A plataforma de concreto foi montada em uma dúzia de suportes de aço e madeira, elevando-se cerca de 33 m por 45 macacos hidráulicos. Inclui dois decks de observação, uma discoteca, um restaurante( que faz um volta completa a cada 72 minutos) e uma sala para equipamento de transmissão de sinais de TV.

 

 

 

 

 

 

 

 

     PLATAFORMA

www.skyscrapers.com

    OBSERVATÓRIO

The builders - Marvels of engineering, National Geographic Society, 1992, p.108

                                                               

     Suportado como uma estrutura em balanço do topo da torre de concreto, ele promove belas vistas de até 160 km de distância. Um elevador demora 40 s para transportar os visitantes desde a plataforma até o observatório. Nas tempestades a torre age como um condutor de raios levando a eletricidade ao chão. Além disso, possui o observatório público mais alto do mundo.

     Um desafio existente foram os esforços necessários para que a torre não se inclinasse, ou sofresse torção. Além de construir com alta precisão do prumo, instrumentos ópticos foram utilizados, que fazem as medidas a cada duas horas. O resultado foi uma torre com um desvio apenas de 2.5 mm do prumo.

     A estrutura foi projetada para suportar as situações mais desfavoráveis de temperatura.  Há uma expectativa da ocorrência de vento há 208 km/hora a cada mil anos. A torre foi construída para suportar o dobro dessa velocidade.

     Durante o período de construção, foi utilizado um helicóptero para posicionar a grua no observatório. Depois, foi utilizado para colocar as 39 seções da antena localizadas no topo, sendo que a seção mais pesada possui 8 toneladas. Ao lado, pode-se ver uma foto do uso do helicóptero para o posicionamento da grua.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

  

 Hawkes, N., Structures- The way things are built, Macmillan Publishing Company, 1993, p.110

    

       

                   www.skyscrapers.com

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

  

     A construção da obra durou 40 meses. Misturados em campo, foi utilizado um concreto especial de alta qualidade misturado com água, se tornando um molde maciço, sendo usado como elemento da base. Enquanto o concreto ia endurecendo, a estrutura ia se elevava, a base do concreto ia diminuindo e a torre ia sendo suportada por macacos hidráulicos. Com essa técnica se subia 6m por dia.

     A fundação, feita com concreto e aço, possui a profundidade de 15 m  até uma camada argilosa. Foi necessário escavar 62000 toneladas de terra e argila para sua execução.

 

     Os elevadores levam os passageiros até a plataforma com uma velocidade próxima de 22km/h. Durante a existência de ventos fortes há um sensor que faz com que ocorra uma diminuição da velocidade. A velocidade e aceleração foram calculadas para ter uma situação que não gere desconfortos com os passageiros. As paredes dos elevadores são feitas de vidro, para que a vista possa ser apreciada. 

 

Ficha Técnica

Nome Canadian National Tower
Sistema Estrutural  
Função Torre de comunicação
Localização Toronto, Ontário, Canadá
Época da construção 1976
Projeto Roger du Toit, John Andrews - John Andrews International, Webb Zerafa Menkes Housden Partnership
Execução  
Dimensões Altura da antena:      553 m

Altura da plataforma:   457 m

Material Concreto protendido