Escola Politécnica da Universidade de São Paulo

Departamento de Engenharia de Estruturas e Fundações

 

PEF 2504 - Racionalização do projeto e

produção de estruturas de edifícios

 

 

 

 

 

Professores:

 

Carlos Eduardo Nigro Mazzilli (cenmazzi@usp.br)

João Carlos Della Bella (dbella@usp.br)

Martin Paul Schwark (martin@moura-schwark.com.br)

 

 

Horário e local:

 

Quarta-feira, 11:10h às 12:50h

Sala 115, prédio da Eng. Civil

 

 

Avisos importantes:

 

ATENÇÃO: não haverá atividades na aula do dia 19/11/03. O curso retorna normalmente na semana seguinte.

 

 

Objetivos da disciplina:

 

Definir e apresentar histórico, características, vantagens, limitações, conseqüências e tendências futuras de algumas estratégias de racionalização de estruturas de edificações. Desenvolver interesse, senso crítico e habilidade de tomada de decisões básicas relativas ao assunto.

 

 

Principais conceitos:

 

Estruturas de concreto moldado “in loco” racionalizadas. Estruturas metálicas. Estruturas de concreto pré-fabricado.

 

 

Estratégias:

 

Aulas expositivas com projeção de imagens. Palestras de especialistas convidados. Visitas técnicas organizadas pela disciplina.

 

 

Critério de avaliação:

 

NF = 0.4P1 + 0.4P2 + 0.2T, onde NF é a nota final do semestre, P1 a nota de uma prova escrita, P2 a média das notas dos relatórios das visitas organizadas pela disciplina e T a nota do trabalho individual. Haverá uma prova substitutiva oral para os alunos que não puderem comparecer à prova P1.

 

 

Trabalho individual:

 

Laudo técnico contendo opinião crítica sobre uma obra à escolha do aluno, em fase de execução da estrutura, quanto às oportunidades de racionalização aproveitadas e perdidas. O aluno deve supor haver sido contratado como consultor pela empresa construtora, para redigir laudo técnico que a oriente no sentido de que a estrutura da próxima obra, de características similares, seja mais racionalizada. Ou seja: segundo o aluno, o que deve ser feito na próxima obra semelhante para racionalizar projeto e execução da obra? O laudo deve ser sintético e objetivo, com no máximo 800 palavras e 4 páginas. O trabalho Será avaliado quanto aos quesitos escolha da obra, organização, apresentação, redação, imagens e qualidade das críticas, sugestões e opiniões nele contidas.

 

 

Relatórios de visita:

 

Relatórios contendo descrição da visita realizada, seus aspectos mais interessantes segundo a percepção do aluno e suas críticas e opiniões quanto ao que foi observado. Os relatórios devem ter, no máximo, 600 palavras e 2 páginas cada. Veja aqui dicas para um bom relatório.

 

 

Cronograma das atividades:

Este link não está disponível no momento. Tente novamente mais tarde.

 

 

Arquivos de aulas ministradas:

1. Esboço de caso - Formas  (Powerpoint)

2. Apresentação Dr. Pedreira de Freitas (Powerpoint)

 

 

Provas anteriores:

Prova P1 – 24/09/2003

 

 

Bibiografia:

 

1.    Zorzi, Antoni Carlos. Forma com molde em madeira para estrutura de concreto armado: recomendações para melhoria da qualidade e produtividade com redução de custos. Dissertação de Mestrado (IPT), São Paulo, 2002.

2.    Mattos Dias, Luis Andrade de. Edificações de aço no Brasil. Ed. Zigurate, 1a. edição, São Paulo, 1993.

3.    American Institute of Steel Construction. Structural steel detailing. A 2a. edição.

4.    El Debs, Mounir Khalil. Concreto pré-moldado: fundamentos e aplicações. USP São Carlos, 2000.

5.    Elliot, Kim S. Multi-storey precast concrete framed structures. Blackwell Science Ltd., London, 1996.

6.    Koncz, Tihamér. Handbuch der Fertigteilbauweise. Band I-III, Bauverlag GmbH, Wiesbaden und Berlin, 3 a. edição, 1973.

7.    FIP – Féderation Internationale de la Précontrainte. Planning and design handbook on precast building structures. SETO Ltd., London, 1994.

 

 

Links de interesse:

 

USP – Universidade de São Paulo

Escola Politécnica

 

 

 

Desenvolvido por Eduardo Campello (campello@usp.br)

Última atualização em 17/11/2003