Histórico

O LMC, apesar de ter sido criado a relativamente pouco tempo (iniciou suas atividades em 1987), tem atualmente uma infraestrutura bastante satisfatória e um corpo técnico-científico altamente produtivo, de aproximadamente 50 pesquisadores, entre professores do departamento, pesquisadores associados, alunos de pós-graduação e alunos de graduação realizando trabalhos de iniciação científica ou de monitoria de disciplinas. O Laboratório dispõe de uma rede local de computadores dotada com software de qualidade, tanto relacionado com a Mecânica Computacional como de apoio a pesquisa cientifica, ao desenvolvimento de projetos e à prestação de serviços de consultoria. O LMC ainda tem acesso aos recursos computacionais do Laboratório de Sistemas Integráveis (LSI) da Escola Politécnica da USP e do Centro de Computação Eletrônica da USP (CCE), incluindo os seus supercomputadores.
Fisicamente, o LMC está organizado da seguinte forma: na Sala Lagrange com aproximadamente 100 m2 (térreo do Prédio da Engenharia Civil), localizam-se o gabinete dos professores, pesquisadores, visitantes e o gabinete de projetos de extensão universitária; na sala Euler, com aproximadamente 70 m2 ( primeiro andar do Prédio da Engenharia Civil), se localiza o gabinete dos alunos de pós-graduação, iniciaçao científica e monitores.
O Laboratório vem dando apoio ao desenvolvimento de projetos de pesquisa que se relacionam principalmente às especialidades de Mecânica dos Sólidos, Teoria das Estruturas e Métodos Computacionais em Mecânica Aplicada.
No entanto, o Laboratório potencialmente pode dar apoio ao desenvolvimento de projetos de pesquisa pertencentes a praticamente todas as especialidades do departamento.
Entre os projetos de pesquisa desenvolvidos no âmbito do laboratório destacam-se os de desenvolvimento de métodos computacionais para a análise linear e não-linear, estática e dinâmica de sólidos e estruturas. É.relevante mencionar ainaa projetos de pesquisa relacionados ao uso da computação gráfica no pré e pós-processamento de soluções de modelos matemáticos de grande porte, no contexto do método dos elementos finitos.
A interação com o meio produtivo tem se manifestado através de projetos de: pesquisa e desenvolvimento,atividades de consultoria e a promoção de encontros técnicos e científicos. Destaca-se a participação nestas atividadss de extensão de alunos de pós-graduação.

Volta à página principal do LMC